A Sombra do Vento - Carlos Ruiz Zafón

A Sombra do Vento (O Cemitério 
dos Livros Esquecidos #1),
de Carlos Ruiz Zafón
por Editora Suma de Letras
2007 / 399 páginas.
Já faz algum tempo que li A Sombra do Vento e tenho que dizer: — Que livro! Ao terminar de ler a obra de Carlos Ruiz Zafón, nunca pensei que iria sentir o misto de sensações que senti; as mesmas de quando li O Caçador de Pipas de Khaled Hosseini. Com ele me emocionei, chorei, rir, senti raiva, torci pelos personagens... Foi um livro que me marcou e se tornou inesquecível.

Zafón nós leva a Barcelona de 1945, lugar pelo qual me apaixonei após a leitura, onde em uma noite chuvosa o pequeno Daniel Sempere acorda na noite de seu aniversario de 11 anos e descobre que não consegue mais lembrar o rosto de sua falecida mãe. Para consolar o filho, o pai do garoto, Sr. Sampere — dono de um famoso sebo — o leva ao Cemitério dos Livros Esquecidos, uma biblioteca secreta de corredores enigmáticos usada para guardar obras raras e esquecidas. A maioria a espera de um novo leitor.

Enquanto passeia pelos corredores, Sr. Sampere pedi para que o filho escolha um livro a seu gosto. O jovem Daniel acaba escolhendo A Sombra do Vento. Confesso que nessa parte do livro, me senti um pouco confusa. Fiquei me perguntando, o que o título do livro teria haver com o livro que Daniel escolherá? Na verdade até gostei. O autor soube escrever um livro cheio de drama e suspense, e isso de certa forma me impulsionou ainda mais a continuar a leitura. Que por sinal me agradou muito. 

Os personagens são envolventes, principalmente Fermín Romero de Torres, — ou apenas Fermín — que é introduzido na história quando Daniel já está grande e ainda fascinado pela obra A Sombra do Vento, o que o faz sair em busca de outros títulos do autor Julián Carax. O jovem acaba descobrindo que o livro que possui pode ser o último do autor, pois alguém vem queimando os demais. Daniel agora procura por pistas do desaparecimento de Julián — sendo esse o foco principal — e ao mesmo tempo precisa saber quem está por trás de atos tão deploráveis, como a queima de livros e ainda lidar com a introdução no mundo do amor, do sexo e da literatura, o que acaba transformando Daniel em um verdadeiro homem.

Me apaixonei pela narrativa do autor, onde por ser um livro que se passa na primeira metade do século XX, pensei que encontraria palavras difíceis. No começo relutei sim um pouco. Lia algumas páginas e largava; isso durou 2 semanas! Mas passada a "introdução" da história, a leitura fluiu de uma forma assustadora pra mim, pois terminei de ler o livro em poucos dias, dito que ele tem 400 páginas! E, infelizmente, não vivo só de livros. 

Mas há algo que me incomodou na leitura. O autor várias vezes em vez de escrever apenas o nome principal dos personagens, acabava escrevendo-o completo. Como por exemplo, o nome de Fermín, que ao decorrer do livro aparecia como Fermín Romero de Torres. Ressalto que não é o livro todo, e sim em algumas partes. Mais isso não é motivo pra mim tirar uma estrelinha, aliás A Sombra do Vento é um livro que vale até mais.

Comentários

  1. Não é o tipo de livro que eu costumo ler, mas admito que fiquei muito interessada depois de ler sua resenha. Deu vontade de saber mais e descobrir o que aconteceu com Julián Carax. Já foi pra a minha lista de desejados do Skoob.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro a escrita de Zafón, desde que li Marina me encantei.
    Gostei muito da tua resenha e fiquei com uma enorme vontade de ler esse livro!

    Beijos
    Lara - Magia Literária

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é maravilhoso.Um dos melhores que eu já li.Só que as vezes eu achava o Daniel um pouco chato.E adorei o final da Clara.
    Boa Semana.

    Mariana - World of Tori Vega.
    @mariworldoft_

    ResponderExcluir
  4. Também não é o meu tipo de leitura mas todos falam tão bem deste livro e sua resenha foi tão boa que estou com vontade de ler.

    Beijos.
    Sarah Linhares.
    gringagirls.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oie. Nunca tinha lido uma resenha sobre esse livro, e com exceção de A menina que roubava livros não estou muito acostumada a ler livros de tempos muito distantes. Mas a história é interessante e eu fiquei curiosa para saber por que estão queimando os livros de Julián.
    Beijooo!!!!

    http://meusantidotos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. oi querida,
    ahhh um dos meus preferidos *---*
    Este livro é bom demais, me lembro que me emocionei muito :(
    Te indico o O Prisioneiro do Céu, que é a continuação deste. Muito bom tambem.
    boa semana
    ;*

    dudsparrow.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha, não conhecia esse livro, mas pelo que li aqui o livro parece ser ótimo, vou ver se compro para ler também.


    Beijos; @Raah_Castroo
    WWW.vidaadegarotaa-vdg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Nossa esse livro parece ser muito bom, com certeza vou adicionar a minha lista de livros que eu quero ler. Obrigda pela dica.

    Beijo e tenha um ótimo final de semana ;*

    ResponderExcluir
  9. quero ler esse tempo há tanto tempo!! O Carlos Ruiz Zafón é um excelente autor e mesmo sem ler sinopse dos livros dele já podemos saber que coisa boa vem por aí.
    Sua resenha me deixou ainda com mais vontade de ler *_*
    preciso adquirir esse livro urgentemente!
    Bjuxxxx

    ResponderExcluir
  10. amei a resenha, agora fiquei morrendo de vontade de ler. mas eu não entendi o pai do menino levou ele na biblioteca pra lembrar da mãe? (eu sou meia lerdinha mesmo,disfarça)
    beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. @Lola Mantovani, ele leva o filho a biblioteca apenas pra consolá-lo, uma vez que ele fica bem triste por não lembrar o rosto da mãe. Assim o pai decidi dar um livro com o intuito de anima-lo!

    Beijos! ;)

    ResponderExcluir
  12. Já tinha lido uma resenha desse livro e achei incrível! Amei a sua.

    Beijos
    Coisas Fúteis

    ResponderExcluir
  13. Oie Ráah!
    Por suas resenhas, você deve gostar bastante de livros de mistérios, e de época, ceto?
    Apesar da capa ser interessante e a sua resenha ser ótima (como sempre), não consegui me interessar... E olhe que eu me interesso por (quase) todos os livros que você resenha! rsrsrs...

    Bjs,
    Ariane;)

    ResponderExcluir
  14. Nunca tinha ouvido falar neste livro.
    Gostei de sua resenha!
    Beijos

    http://cocacolaecupcake.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oie...
    Amei sua resenha!
    Não conhecia esse livro mais com a sua resenha já quero para ontem..=]

    Obg pela visita lá no blog!
    tem resenha nova se vc quiser ir lá e deixar um coment...
    http://falleninme.blogspot.com
    Bjão

    ResponderExcluir
  16. Hmmm parece ser bem interessante pelo que você está dizendo em sua resenha. Ahm, esse negocio dos nominhos deixa a gente meio aleatória,né? Mas superemos;D
    Amei! *-*
    Ah são meeesmo *-*
    Piráveis *-*

    Um beeijo , que bom que gostou *-*
    Pâm
    http://interruptedreamer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Nunca li nada do autor, mas a trama desse livro parece ter algo interessante.
    *bye*

    Louca por Romances

    ResponderExcluir

Postar um comentário