O Mago de Camelot - Marcelo Hipólito

O Mago de Camelot,
de Marcelo Hipólito
por Editora Novo Século
2013 / 151 páginas
Cedido em parceria com o autor(a).
O Mago de Camelot do autor e parceiro do blog Marcelo Hipólito, foi publicado este ano pelo selo Novos Talentos da Editora Novo Século. O livro é uma fantasia e nos traz a história do lendário mago, Merlin

A trama é dividida em duas partes: Trevas e Luz. A primeira parte tem início no século III da Era Cristã, na Britânia Romana e se passa 200 anos antes, onde conhecemos Nimue, uma garota com quase dois metros de altura e serva da Natureza que após anos de peregrinação descobre que seu destino é encontrar Avalon, a Ilha das Maças. 200 anos depois, na cidade britânica Ratae, conhecemos Merlin, ainda garoto, um jovem de porte franzino melhor dizendo, que vive com o irmão mais velho Nennius e que adora a agitação da cidade. 

Obrigados pela mãe, uma prostituta, os garotos passam o dia roubando para terem o que comer. Merlin sempre obtém êxito, até um dia ser apanhado junto com o irmão. Os dois acabam presos em um calabouço, e já sem noção de quanto tempo permanecem cativos, finalmente são resgatados. Infelizmente, não para a tão esperada salvação. Os garotos descobrem mais tarde que serão utilizados para um ritual. Assim, Nennius acaba morrendo e o druida Blaise, o autor do ritual, descobre que Merlin tem um papel importante para o futuro do povo da Britânia. Assim, o druida leva Merlin para Avalon com o proposito que lhe tornar um aprendiz

Entretanto, com a passagem dos anos, mesmo jurando vingança contra o druida por ter matado seu irmão, chega a hora de Merlin sair de Avalon. Agora o jovem está forte e cada dia mais poderoso. Com a magia a seu favor, logo o mago passa a conhecer pessoas importantes, como reis e duques, entre eles Uther, um rei que precisa de Merlin para conquistar uma dama comprometida, causando assim inúmeros conflitos e batalhas. Desse relacionamento nasce Artur Pendragon, que mais tarde se torna um grande cavaleiro. Porém, o rapaz tem uma meia-irmã, Morgana, que pode por um fim em todo o plano de Merlin para coroar o dragão, Artur.

O Mago de Camelot me chamou atenção primeiro por ser sobre Merlin, depois por ser ficção fantástica, pois adoro o gênero. Comecei a leitura sem nenhuma expectativa e fui me surpreendendo aos poucos. O autor descreve muito bem o ambiente, algo que me deixou bastante satisfeita. Porém, no começo da leitura o que me incomodou foi a quantidade de personagens. Fica difícil lembrar quem é quem.

Contudo, a trama é bem narrada e as páginas passam em um piscar de olhos. Fiquei surpresa com a quantidade de páginas e o tanto de história que elas contém. O autor é direto e claro, então não tem muita enrolação. Quanto a descrição, é na medida certa. Nem muito nem menos. Assim a leitura flui livremente e envolvente. Os personagens também me chamaram atenção, principalmente Merlin, onde a cada capitulo vemos o crescimento do personagem. O autor construiu uma trama eletrizante, com muitas surpresas e reviravoltas. Recomendo!

Comentários