Feitiço - Sarah Pinborough

Feitiço (Saga Encantadas #2),
de Sarah Pinborough
por Editora Única
2013 / 247 páginas
Feitiço é o segundo livro da Saga Encantadas da autora best-seller Sarah Pinborough publicado pela Única Editora. Seguindo os mesmo passos de Veneno, a releitura dessa vez é do conto infantil da "Cinderela" e continua sendo para adultos, porém com um diferencial. É surpreendente do começo ao fim, ao contrário do primeiro livro.

Com o término de Veneno desanimei um pouco por imagina que Feitiço seguiria os mesmo passos do anterior; com uma protagonista (Branca de Neve) que não me agradou muito e a introdução de cenas eróticas sem coerência. Mas em Feitiço foi diferente. Comecei a gostar do livro logo no início e a trama e personagens me surpreenderam desde as primeiras páginas. Começando pela Cinderela, que diferente do conto original é invejosa, malvada e egoísta. Seu pai não está morto, sua madrasta não é tudo que imagina ser e suas irmãs talvez nem sejam tão malvadas assim. Contudo, a jovem é apaixonada pelo príncipe e fará de tudo para ter seu amor.

Entretanto, Cinderela não é a escolhida para ir ao baile que o príncipe promoverá para escolher sua amada, mas sim sua irmã Rose, que ao contrário da jovem não vive na cozinha e nem é a responsável pela limpeza da casa. Desapontada com a escolha e possuída de inveja e ciúmes, Cinderela recebe uma oferta de uma misteriosa e suspeita fada madrinha. Maravilhada com a chance de ter tudo o que sempre quis, o príncipe, uma vida melhor e muito poder, a jovem aceita a proposta, porém não imagina que com um simples "sim" pode afetar a vida de todos que estão ao seu redor e que todo favor tem um preço, neste caso bem alto.

Não imaginei que fosse gostar tanto de Feitiço. Comecei a leitura supondo que seria algo no mesmo estilo de Veneno, apenas uma boa leitura, mas foi bem melhor. É como se a formula de Veneno fosse melhorada e resultasse isso. O livro retorna ao final do anterior, dando continuidade aos fatos. Também tem uma história envolvente e fluída, personagens marcantes e bem construídos, diálogos cheios de sarcasmo e claro, quando menos esperamos já terminando a leitura, ora surpresa com o final, ora ansiando pelo próximo livro.

Sarah Pinborough definitivamente me conquistou nesse livro, tanto com sua narrativa simples e objetiva como sua capacidade de entrelaçar outros contos à história, criando assim uma trama criativa e bem articulada. A forma como a autora pega outros personagens e coloca em Feitiço é sobretudo interessante e inteligente. A autora também soube conduzir muito bem o suspense, criando assim uma história capaz de deixar qualquer leitor ávido e surpreso com o desfecho, sendo essa minha maior surpresa. Simplesmente adorei Feitiço, do começo ao fim.

Comentários